Dias De Colecionar Borboletas

Dias De Colecionar Borboletas

Marca: Octavo

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete
A obra apresenta Margaridas frias repousadas em meu peito arfante; Habitar seu corpo como peregrino faminto; Talvez os tempos sejam outros; Poucas expressões valem tanto; Talvez coração cromado; Despeme com tuas mãos lentas; Águas negras que encharcam; A infância da vida mentiras; Esfriou e o céu está azul; A carcaça do prédio quase construído me afirma; Fotografia mal tirada de crianças que choram; Primeiro que olho; Cinco e meio é número exato; Acuado, que eu te proponha trégua; As flores estão colocadas; Teus olhos pedintes me dizem o óbvio; Sem seus passos próximos; Mesmo que breve e inconstante; O ritual que se completa; Prometo que te compro confetes; Vai que a vida é isso mesmo; Como a mata, diariamente; entre outras poesias.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano: 2010
  • Autor: José Carlos Honório
  • Encadernação: Paperback
  • Idioma: Português
  • Páginas: 89
  • Capa: Mole
  • Editora: Octavo
  • ISBN: 9788576291176