Meu Carrinho

0 ITEM(s)

TOTAL: R$ 0,00

IR PARA O CARRINHO

Português

Poesia

EPINICIOS E FRAGMENTOS - PINDARO

EPINICIOS E FRAGMENTOS - PINDARO

(9788568462904)

Editora:  kotter Editorial  | 

Autor(a):  Píndaro

Livro em Português

Número de Páginas: 496  | 

Ano de Publicação: 2018

mais informações

EPINICIOS E FRAGMENTOS - PINDARO

(9788568462904)

Editora:  kotter Editorial  | 

Autor(a):  Píndaro

Livro em Português

Número de Páginas: 496  | 

Ano de Publicação: 2018

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

por: R$ 79,90

ou por 12x de R$ 8,02 com juros

Quantidade

+

-

COMPRAR

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

Píndaro foi o mais importante poeta mélico da Antiguidade Clássica. Ele compôs em variados gêneros, mas notabilizou-se por causa de seus epinícios, canções compostas para celebrar a vitória de um competidor num dos quatro grandes jogos da Grécia Antiga: os Jogos Olímpicos (em Olímpia), os Jogos Píticos (em Delfos), os Ístimicos (no Ístmo, perto de Corinto) e os Jogos Nemeicos (em Nemeia). Nesses poemas o poeta garante que a vitória do vencedor será imortalizada através da canção. Desse modo, os poemas de Píndaro tiveram uma função determinante dentro da cultura grega da época, ou seja, garantir que seu patrono tivesse glória imorredoura. Além disso, Píndaro também compôs partênios (canções cantadas por um grupo de moças que ainda não eram casadas e, por isso, virgens), encômios (poemas cantados em banquetes para louvar o patrono do poeta), ditirambos (hinos em homenagem a Dioniso), peãs (hinos em homenagem a Apolo), hinos a vários deuses, entre outros tipos de canção. Isso mostra que Píndaro foi versátil e soube adaptar seu talento a diferentes ocasiões e para diferentes públicos. 

Este livro traz a primeira tradução completa de todos os epinícios e de todos os fragmentos de Píndaro. Aqui está a obra do maior poeta mélico (isto é, um poeta que compôs poemas para ser cantados, seja por um coro, seja por um único cantor) da Antiguidade. Estamos tentando cobrir aqui uma lacuna enorme na tradição dos Estudos Clássicos em Língua Portuguesa. Desse modo, será necessário ao leitor habituar-se à leitura do nosso autor. Desde a Antiguidade, Píndaro foi considerado um poeta obscuro, difícil. Talvez, seja mesmo, mas principalmente numa primeira leitura. É preciso conviver, ler e reler seus poemas para, com o tempo e a repetição, compreender pelo menos em parte, as suas composições. É preciso sempre lembrar que esses poemas eram canções feitas para ser cantadas e não lidas, como fazemos hoje em dia. O fato de não termos as melodias é lamentável. Mas temos as ‘letras’ das canções, digamos, e o que temos já é arrebatador. Por isso, nas traduções o leitor encontrará metáforas surpreendentes, aparentes mudanças repentinas de assunto e máximas que resumem boa parte da sabedoria grega antiga. Sendo assim, convidamos o leitor a aceitar o desafio de conhecer os píncaros e os vales da poesia pindárica. 

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados